Olá Pessoal!!

 

Vamos para mais uma troca de informações sobre natação em águas abertas, dessa vez falando sobre uma adversidade comum na rotina dos nadadores: a corrente!! Pode não parecer, mas nem sempre nadar a favor dela significa mais "tranquilidade" para o atleta.

 

Perder a esteira ou deixar que o adversário abra muito a vantagem é perigoso pois a corrente a favor ajuda de trás para frente, isto é, ela nivela do mais fraco para o mais forte, portanto as condições acabam ficando mais parelhas para todos os atletas. Procure dominar a aplicação de força e utilizar uma frequência de braçada mais alta somente se necessário. Caso esteja na esteira poupe energia, perceba que a própria correnteza já ajuda na força da finalização, portanto foque na amplitude dela e aproveite da corrente para poupar força.

 

Para aproveitar melhor a corrente a favor, mantenha o corpo muito alinhado e a navegação baixa (olhar para frente). Nessa circunstância a melhor braçada é aquela mais alongada, alavanca na fase submersa com ângulo o mais próximo possível de 90° (mão apontando para baixo e cotovelo alto) e estar com total domínio da aplicação de força na finalização. Caso esteja na esteira, utilize pouca força, mas se for fazer uma ultrapassagem ou buscar o sprint utilize mais força. O trabalho de perna e braço também deve ser bem coordenado para reduzir ainda mais o desgaste. O ideal é utilizar a pernada 2 ou 4 tempos, poupando assim as pernas e consequentemente a respiração. Algumas atletas já estão acostumadas a bater bastante perna sem se cansar, neste caso é só manter!

 

Agora é preciso estar ciente de que nem sempre a corrente está contra e sim o vento. Isto pode fazer muita diferença na hora de aplicar as dicas de técnica contra e favor de corrente!

 

Treinar as diferentes alturas de braçadas nos treinos será crucial para obter mais conforto em qualquer situação de prova, além disto lembrar que, independente da altura da braçada, a fase aérea deve ser sempre relaxada pois esta é a fase de descanso.

 

Também considero fundamental o atleta ter domínio dos 2 lados da respiração pois assim terá maior equilíbrio muscular, domínio de percurso, domínio dos adversário e caso as ondas estejam laterais respirar para o lado contrario dela evitando beber água em excesso. Em casos com muitas ondas, as navegações (respiração frontal) ficam dificultadas, portanto lembre de observar os pontos de referência mais altos e de navegar mais vezes para poder visualizar com eficiência o percurso. Nestes casos, a técnica vence a velocidade!

 

Vale lembrar ainda que nadar contra a corrente exige também muita paciência do atleta. Em muitos casos, ele terá que nadar em direção mais lateral para ajustar o percurso. Por isso, o ideal é nadar mais “aberto” em relação ao percurso estipulado no início da prova para aproveitar a direção da corrente, encaminhando o nado para o percurso correto.

 

Em condições de muita correnteza, seja ela contra ou a favor, o ideal é o atleta aumentar o número de navegações (respirações frontais) para não sair do percurso! Aconselho dominar a navegação a ponto de fazer naturalmente e inconsciente durante a prova, pois isto garantirá menor desgaste e menor percurso nadado! Costumo dizer que: navegação nas águas abertas é como virada nos 50m livre, se você não domina, a prova fica comprometida!

 

Espero ter ajudado mais uma vez e retornamos em breve com mais dicas importantes pra fazer a sua performance turbinar!

 

Foto: Talita Saab

Samir Barel

Colunista

Educador Fisico, especializado em Bioquímica, fisiologia, nutrição e treinamento pela UNICAMP. Idealizador do DESAFIO AQUAMAN, diretor técnico do ALOHA SPIRIT e sócio da ELO Academia de Campinas. Foi TOP TEN no Grand Prix Mundial da FINA em 2013, participou e venceu diversas ultra maratonas aquáticas, destaque para a 14Bis (24K) e a tríplice coroa: canal da mancha (36k), volta da ilha de Manhattan (45K) e Canal Catalina (34K). Mensalmente assina nossa coluna sobre natação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *