Será que, realmente, é possível mudar hábitos de vida? Após pensar muito, decidi compartilhar história curiosa de um garoto que conheci quando pequeno e pude acompanha-lo por quase 30 anos. Para mim, uma história de muita superação e persistência!

 

Sua infância foi sempre muita ativa: natação, futebol na escola e no clube, brincadeiras de rua, praia, jogos com amigos em casa... Não havia tempo livre e ocioso! Era muita energia gasta que conseguia neutralizar uma dieta cheia de doces, frituras, salgados, refrigerantes, bolos, fast food, e assim vai.

 

Os anos foram passando, e a realidade foi mudando. O vídeo-game tomou o lugar das brincadeiras da rua, as marcações do jogo de taco e de futebol sumiram com o tempo. O computador começou a se desenvolver, com a internet e os jogos, gradativamente, assumindo a posição das tarde e noites de atividades vigorosas no clube com os amigos. Era o início de um período negro em sua vida.

 

Um garoto de 10 anos de idade, pouca atividade física, a mesma dieta rica em “tranqueiras” diárias. Qual poderia ser o resultado desta combinação catastrófica? Claro, o início da obesidade, que carregou uma série de problemas associados a ela. Uma delas, conhecida atualmente, como bullying, antes era uma simples brincadeira que fez com que a autoestima deste garoto fosse para o buraco. Autoestima baixa, pouca energia e disposição, poucas armas para lutar contra este inimigo... O fim desta história já estava praticamente escrito: um adulto que passou por uma adolescência sedentária, com grandes chances de manter esta realidade por muitos anos, sem forças para vencer esta batalha.

 

Por volta dos 13 anos de idade, não tinha mais jeito! Algo precisava ser feito! Sua mãe o matriculou em uma equipe de treinamento de natação para jovens na academia de seu bairro, com um excelente técnico e uma turma forte que o puxou para cima, o obrigando a sair da zona de conforto. Para poder acompanhar a turma, passou a comer melhor, praticar outras atividades paralelas na academia para se condicionar e participar de provas em piscina e águas abertas.

 

Já por volta dos 15 anos, conheceu a corrida de rua, por meio de um grupo de corredores amadores da mesma academia, que logo tratou de contratar um treinador para organizar os treinos e levar a turma para as provas. Foram 5, 10, 21 e a tão temida estreia nos 42 km com 17 anos de idade. Junto com seu treinador de natação, fez sua estreia no triathlon, aos 18 anos, após ter participado de algumas provas de aquathlon (natação + corrida) como preparação.

 

Já não tinha mais volta... O esporte tomou conta de sua vida de tal maneira, que passou a encarar a vida com muito mais disposição e seriedade, inclusive sendo fundamental para seu futuro profissional: formou-se bacharel em Educação Física em uma das melhores universidades do país.

 

A partir daí, o que era apenas diversão e um estilo de vida saudável, se tornou uma importante missão de transformar a vida das pessoas e ajuda-las a realizar sonhos, por meio da mudança de estilo de vida, cuidado com a saúde, bem-estar e prazer diário. Nada diferente do que havia acontecido com ele... simples assim!

 

Curiosos para saber que é este garoto? Este, sou eu! Orgulho-me de ter passado por tudo isso, ter superado barreiras e poder escrever esta história para vocês.

 

Lutem até o fim e não desistam facilmente de nada. Assumam o controle e tenham saúde e disposição para curtir a vida, alcançando assim, horizontes jamais imaginados antes.

 

Bons treinos e bora pra cima, galera!

 

Esta coluna é um oferecimento de BLOCKS. Uma barra de frutas e castanhas que não possui essências ou conservantes. Utilizam apenas matéria prima integral, sem adição de açúcar, glúten e lactose. Experimente, são produtos divertidos, acessíveis e com qualidade. Um snacks pronto para te acompanhar nos treinos, provas ou no dia a dia. 

 

Todos os produtos BLOCKS estão disponíveis no site do trilo e nas principais lojas do Brasil.

Rodrigo Lobo

Colunista

Bacharel em Educação Física pela Escola de Educação Física da Universidade de São Paulo; Sócio diretor da Lobo Assessoria Esportiva; Palestrante de temas sobre qualidade de vida, treinamento esportivo e empreendedorismo; Colunista do portal Ativo.com e colaborador de diversos portais e revistas esportivas; Atleta amador de corrida de rua e triathlon, Contribui com o Trilo mensalmente com a coluna - DA TEORIA A PRÁTICA - tudo que precisamos saber para manter os treinos e a qualidade de vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *