Não existe segredo! Se você tem pretensões em evoluir contínua e saudavelmente no esporte, você precisará ter disciplina e organização, incorporar bons hábitos associados, como uma dieta específica e horas de sono reparadoras, manter o foco com metas e submetas bem definidas, e o mais importante, se dedicar muito com treinos bem planejados e executados.

 

Acordar cedo diariamente, ou tirar minutos no final do dia para se dedicar a estes treinos já é uma tarefa um tanto quanto complicada, executar à risca seu treino planejado acaba sendo um enorme desafio neste contexto, não é mesmo? E como podemos potencializar isso e ter um bom aproveitamento das sessões de treino?

 

1. A regularidade, paciência e persistência são peças fundamentais neste processo. Sem elas não tem nem papo e muito menos evolução, mesmo que alguns treinos sejam intensos, longos e bem executados.

2. Tenha em mente seu plano de treino do mês (previsão de horas dedicadas), da semana (quais atividades, volume e intensidade), e do dia ou do dia seguinte (exatamente qual o treino com as séries, intervalos, equipamentos, etc.).

3. Com o plano de treino em mente, organize-se para executá-lo e não ser surpreendido com erros na dieta específica pré-treino, esquecimento de algum material, falta de preparação prévia e planejamento de tempo e deslocamento até o local para a execução do treino.

4. Prepare tudo previamente e tenha uma agenda organizada, respeitando suas tarefas e não boicotando o tempo destinado à sua atividade diária.

5. Defina suas zonas de treinamento por meio de testes, como o ergoespirométrico bem aplicado com o protocolo correto para sua capacidade e modalidade esportiva, ou os testes práticos (3 km, 12 minutos/cooper, FTP, etc.). Treinar “no escuro”, ou sem objetividade em relação à sua prova alvo, ou qualquer outra meta, poderá acarretar em desmotivação pela demora na obtenção dos resultados, treinando aquém ou além de sua capacidade.

6. Concentre-se, siga a intensidade e tempo proposto, com foco na técnica e nos parâmetros estipulados (FC, potência, pace, etc.), evitando distrações com celular, som alto, conversas. Você terá alguns treinos mais lights na planilha para se distrair e divertir um pouco mais!

7. Não se entregue quando sua cabeça e corpo mandá-lo parar, ou quiser boicotá-lo!

8. Aprenda a se conhecer melhor! Sua mente e seu corpo, geralmente, não seguem um comportamento linear e estável, portando, a experiência com os treinos regulares, associados aos bons hábitos, são cruciais para este auto-conhecimento, permitindo a superação de limites e antecipação de problemas, como a tão temida lesão.

Bons treinos e bora pra cima, galera!

 

Esta coluna é um oferecimento de IOGURTE MOO. O 1º iogurte tipo Skyr do Brasil com receita tradicionalmente islandesa. Um iogurte dessorado feito com ingredientes simples: leite de vaca e fermentos lácteos, sem conservantes. No Moo os elementos sólidos do leite, como proteínas, sais minerais e vitaminas são concentrados, criando assim um superalimento. 

 

Todos os produtos MOO estão disponíveis nas principais lojas do Brasil.

Rodrigo Lobo

Colunista

Bacharel em Educação Física pela Escola de Educação Física da Universidade de São Paulo; Sócio diretor da Lobo Assessoria Esportiva; Palestrante de temas sobre qualidade de vida, treinamento esportivo e empreendedorismo; Colunista do portal Ativo.com e colaborador de diversos portais e revistas esportivas; Atleta amador de corrida de rua e triathlon, Contribui com o Trilo mensalmente com a coluna - DA TEORIA A PRÁTICA - tudo que precisamos saber para manter os treinos e a qualidade de vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *