Quando pensamos em evolução no esporte, pensamos em altos volumes de treino, uma boa periodização, muito suor e muita intensidade, não é mesmo?

 

Durante uma prova, colocamos em prática as horas dedicadas aos treinos, os bons hábitos de vida incorporados e toda a estratégia definida com nosso treinador. Mesmo com tudo isso, um fator acaba assumindo uma relevância ímpar nesse contexto, influenciando diretamente no resultado. A experiência!

 

Atletas ansiosos querem pular etapas importantes do processo evolutivo, querendo se comparar aos atletas que já estão em um patamar mais alto de performance, sem buscar compreender todos os fatores envolvidos que os levaram até este alto nível.

 

Por que a experiência na modalidade é tão importante assim? Será que ela tem relação direta com os resultados, mesmo?

 

• Adaptação do corpo: Horas de treinos regulares e bem planejados têm influência direta na adaptação biomecânica e fisiológica do corpo àquela modalidade específica.

• Tomadas de decisões: Com os diferentes tipos de treinos e a participação em diferentes provas, conseguimos antecipar possíveis problemas e tomar as decisões mais acertadas frente às inúmeras situações adversas que, certamente, aparecerão no caminho.

• Refino do feedback: Conhecer melhor o corpo, a resposta dele no dia-a-dia dos treinos e durante as provas, tem influência significativa para a transmissão de um feedback mais completo para o treinador, e, consequentemente, um ajuste mais preciso da planilha de treinos.

• Estabilidade dos resultados: Mesmo com os maiores obstáculos que surgem em uma prova, ou nos próprios treinos, quanto mais experiente o atleta for, a queda de performance tende a ser atenuada com estratégias práticas e com a própria capacidade física e motora do atleta.

• Superação de barreiras: Frio, chuva, vento, fadiga, problemas com equipamentos, todas essas e inúmeras outras barreiras que aparecem no dia-a-dia do atleta, são superadas com maior facilidade, gerando menos resíduos que comprometem o bom resultado.

• Prazer e motivação: Dificilmente, um atleta amador que não ama o que faz, sustenta por muitos anos a prática da modalidade. A motivação, bem-estar e um bom estado psicológico acaba influenciando positivamente os bons resultados.

 

Conhecendo todos as vantagens da experiência, quando buscamos evolução no esporte, ainda há dúvidas que devemos ser pacientes, persistentes e levar a sério aquilo que nos propusemos a fazer? Siga em frente e colha frutos maduros em médio e longo prazo!

 

Bons e bora pra cima, galera!

 

Esta coluna é um oferecimento de BLOCKS. Uma barra de frutas e castanhas que não possui essências ou conservantes. Utilizam apenas matéria prima integral, sem adição de açúcar, glúten e lactose. Experimente, são produtos divertidos, acessíveis e com qualidade. Um snacks pronto para te acompanhar nos treinos, provas ou no dia a dia. 

 

Todos os produtos BLOCKS estão disponíveis no site do trilo e nas principais lojas do Brasil.

Rodrigo Lobo

Colunista

Bacharel em Educação Física pela Escola de Educação Física da Universidade de São Paulo; Sócio diretor da Lobo Assessoria Esportiva; Palestrante de temas sobre qualidade de vida, treinamento esportivo e empreendedorismo; Colunista do portal Ativo.com e colaborador de diversos portais e revistas esportivas; Atleta amador de corrida de rua e triathlon, Contribui com o Trilo mensalmente com a coluna - DA TEORIA A PRÁTICA - tudo que precisamos saber para manter os treinos e a qualidade de vida!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *