Outro talento que veio do sul do país. Mais exatamente de Brusque, Santa Catarina. O início do seu contato com a bicicleta veio antes mesmo de nascer, quando sua mãe pedalava diariamente, grávida, para o trabalho. Um presente dos pais, a primeira bicicleta foi uma Monark Ranger, que ele foi aos poucos equipando para deixa-la "mais rápida". Anos depois, já com uma mountain bike, começou a fazer trilhas e a levar o esporte a sério. Em 1997, participava de provas de estrada entre as corridas de MTB. Aos 17 anos, com ajuda do amigo e também ciclista, Márcio May, mudou-se para Jaraguá do Sul para se tornar um ciclista "profissional". Os títulos ainda na categoria júnior o levaram até a equipe São Caetano do Sul/Pirelli (SP). Mais sucessos o levaram à melhor estruturada Caloi e, com a ajuda do lendário Sr. Bruno Caloi, partiu para Itália, onde viria a fazer fama e sucesso como atleta profissional, durante 13 anos, no berço do ciclismo mundial. O velocista Murilo Fischer é o mais recente brasileiro a participar do Tour de France, sendo o recordista brasileiro de participações e finalizações das "grandes voltas" (3 x Tour, 5 x Giro, 1 x Vuelta), além de cinco participações em Olimpíadas.

Conheçam hoje aqui, mais uma história inspiradora de um herói do esporte nacional.

 

Aproveitem!

 

 

Endörfina

Michel Bögli é um apaixonado por bicicletas e foi triatleta profissional entre 1988 e 1997. Venceu diversas provas, participou de alguns mundiais, incluindo dois Ironman do Havaí. Correu as primeiras provas de aventura por aqui, desde 1994 participou cinco vezes da Race Across America (RAAM) e em 2001, venceu a categoria duplas. Organizou diversas corridas de rua e provas de 24h de ciclismo, além de ter participado de quatro edições da Cape Epic. No Endörfina Podcast conversa com amigos e campeões do triathlon, corrida, ciclismo e natação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *