Meu convidado de hoje e um carioca que também fez parte da cena do inicio das maratonas e do triathlon no Brasil. Mas ao contrário da maioria dos meus convidados até hoje, ele usou o esporte como meio para estimular o seu crescimento saudável, seu equilíbrio como ser humano, engenheiro e posteriormente como bancário e executivo. Até hoje foram 15 maratonas e 6 Ironman, cravando respeitáveis 2h55’ em Chicago e 10h40” em Roth, na Alemanha. Nada mal para um alto executivo acostumado a transformar empresas sob o seu comando de deficitárias, a fonte de lucros expressivos. A enfrentar desafios profissionais e pessoais mais intimidadores que qualquer Ironman. Apesar de ter conquistado ainda jovem uma situação financeira pessoal invejável, se viu estimulado a co-fundar um partido político pautado legitimamente em fazer Brasil finalmente dar certo, não apenas para políticos e empresários de índole duvidosa, mas para atender as necessidades e expectativas de todos nós brasileiros. Hoje conheceremos um outro lado do atleta e ex-presidenciável, o corajoso João Dionísio Filgueira Barreto Amoêdo.

Aproveitem!

 

Endörfina

Michel Bögli é um apaixonado por bicicletas e foi triatleta profissional entre 1988 e 1997. Venceu diversas provas, participou de alguns mundiais, incluindo dois Ironman do Havaí. Correu as primeiras provas de aventura por aqui, desde 1994 participou cinco vezes da Race Across America (RAAM) e em 2001, venceu a categoria duplas. Organizou diversas corridas de rua e provas de 24h de ciclismo, além de ter participado de quatro edições da Cape Epic. No Endörfina Podcast conversa com amigos e campeões do triathlon, corrida, ciclismo e natação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *