Rebecca Werneck Stephenson iniciou no triathlon desde cedo. Incentivada e inspirada pelos pais, Rebecca vem de uma família ligada ao esporte, não apenas pelo fato de sua mãe ser atleta, ter vencido diversos triathlons entre 1982 e 1985 além de ter participado duas vezes do IM do Havaí (83 e 84); e seu pai, um jornalista especializado em esportes e mais recentemente, tbém um triatleta campeão, mas por ser simplesmente uma das duas filhas dos pais do triathlon Brasileiro – José Ignácio Werneck e Dawn Webb.

 

Rebecca estreou no esporte aos 14 anos e logo começou a vencer algumas importantes provas. Aos 16 anos, em 1989, foi a melhor colocada latino-americana no primeiro Campeonato Mundial de Triathlon, em Avignon, na França. No ano seguinte mudou-se para os Estados Unidos para cursar a faculdade, quando competiu na modalidade de cross-country antes de dar um tempo para cuidar dos três filhos.

 

Alguns anos mais tarde voltou ao triathlon e não parou até hoje. Conquistou diversos títulos em sua categoria, venceu algumas provas, participou de um Ironman em Kona e de diversos campeonatos mundiais. Hoje Rebecca se dedica especialmente à distância 70.3 e planeja voltar a competir em Kona.

 

Aproveitem!

 

Endörfina

Michel Bögli é um apaixonado por bicicletas e foi triatleta profissional entre 1988 e 1997. Venceu diversas provas, participou de alguns mundiais, incluindo dois Ironman do Havaí. Correu as primeiras provas de aventura por aqui, desde 1994 participou cinco vezes da Race Across America (RAAM) e em 2001, venceu a categoria duplas. Organizou diversas corridas de rua e provas de 24h de ciclismo, além de ter participado de quatro edições da Cape Epic. No Endörfina Podcast conversa com amigos e campeões do triathlon, corrida, ciclismo e natação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *