Núbio de Almeida Lima, sociólogo de 59 anos, conheceu o triathlon por acaso em 1985 durante uma viagem à Nice, na França, quando presenciou a então famosa prova chamada Ironman de Nice, palco de nada mais nada menos de 10 vitórias consecutivas de Mark Allen.

 

Da infância como corredor de velocidade ao triatlhon, chegou a participar de oito provas de Ironman e diversos triathlons curtos.

 

Ele contou como sua paixão pelo triathlon o colocou na posição de organizador de provas desde 1988. Foi o criador do Troféu Brasil (inspirado no Troféu Brasil de Atletismo), que segundo ele é o campeonato de triathlon em atividade mais antigo do mundo, do Triathlon Internacional de Santos que chegou a atrair na década de 1990 os nomes mais importantes do cenário mundial, entre eles o próprio Mark Allen, Scott Molina, Mike Pigg e Spencer Smith.

 

Ele conta sua história com o Ironman de Florianópolis e seu novo projeto, o Terracom. Ao final de 2017, Núbio terá comandado o impressionante número de 189 provas, em 29 anos de atividade!

 

Ao longo desses anos todos, diversos talentos surgiram ou se consagraram nas provas Santistas: Armando Barcellos (meu convidado do episódio 02), Iris Amoedo, a própria Fernanda Keller (que estreou comigo o Endörfina), Adriana Piacsek (que em breve estará por aqui também), os brasilienses Leandro Macedo e Manzan, o argentino Oscar Galindez (outra presença já confirmada), Carla Moreno entre tantos outros.

 

Uma figura muitas vezes polêmica, mas sem dúvida nenhuma um apaixonado e corajoso. Segundo meu amigo, Alexandre Ribeiro, um dos responsáveis por manter viva a chama do triathlon brasileiro.

 

Aproveitem!

 

Endörfina

Michel Bögli é um apaixonado por bicicletas e foi triatleta profissional entre 1988 e 1997. Venceu diversas provas, participou de alguns mundiais, incluindo dois Ironman do Havaí. Correu as primeiras provas de aventura por aqui, desde 1994 participou cinco vezes da Race Across America (RAAM) e em 2001, venceu a categoria duplas. Organizou diversas corridas de rua e provas de 24h de ciclismo, além de ter participado de quatro edições da Cape Epic. No Endörfina Podcast conversa com amigos e campeões do triathlon, corrida, ciclismo e natação.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *