Muitas triatletas consideram uma ótima condição adquirida pela prática do esporte, não menstruar. Realmente deve ser desconfortável treinar em meio as modificações corpóreas do período menstrual; ou mesmo ter que ficar tomando contraceptivos. Alguns artigos, inclusive, associam as modificações pré-menstruais à perda de performance esportiva.

 

Contudo parar de menstruar ou mesmo desregular o ciclo - obviamente para atletas que não usam métodos anticonceptivos hormonais - pode ser sinal importante de desgaste fisiológico. Isso mesmo!!! Atletas, amadoras ou profissionais, tem carga elevadíssima de treinamentos que resulta em um deficit energético importante, porém na hora de se alimentar se comportam não como atletas, mas como pessoas “normais” gerando um quadro crônico de Balanço Energético Negativo que diretamente acarretam em distúrbios fisiológicos que vão bem além da fadiga e da perda de performance.

A tríade da mulher atleta é uma doença caracterizada pela presença de distúrbio alimentar, amenorréia (ausência de menstruação por 2 ciclos sequenciais) e osteopenia / osteoporose. Mas, um destes distúrbios já aumenta muito o risco de alterações fisiológicas profundas.

Em recente publicação, cientistas confirmaram que além do antecedente prévio, o ciclo menstrual irregular é fator de risco direto para fraturas por estresse. Verdade!!! Mulheres atletas com menstruação irregular tem mais quadros de fratura!!! Neste artigo, o autor sugere o uso de Anticoncepcional Oral como fator de proteção a fraturas.

Mas o ponto não é defender ou não o uso de determinados métodos anti conceptivos e sim, alertar a necessidade de controlar o Balanço Energético!! Cuidado com estratégias de restrição dietética em fases intensas de treinamento ou mesmo o suporte energético deficiente durante treinos mais longos e extenuantes. Tenha seus exames em dia e integre os controles médico-nutricionais com suas fases de treinamento. O que pode parecer algo “ positivo” pode ser a porta de entrada de lesões ou doenças fisiológicas importantes.

Gustavo Magliocca

Colunista

Médico do Exercício e do Esporte pelo Hospital das Clínicas, USP. Médico titular da seleção brasileira de Natação nos Jogos Olímpicos de Londres (2012) e Rio de Janeiro (2016). O “Doc” como é conhecido contribui com o Trilo quinzenalmente as segundas feiras com a coluna: MITOS E VERDADES DA PERFORMANCE NO ESPORTE - tudo que de fato é real ou apenas boato no esporte.

2 thoughts on “O Mito de Não Menstruar

  1. Ana Paula disse:

    Muito bacana o artigo!!! Boa alimentacao é tudo!!

    1. Trilo disse:

      Que bom que gostou. Procuramos trazer assuntos interessantes. Se tiver alguma sugestão pode nos dizer. Abs

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *